Consulado General en RÍO DE JANEIRO

Argentina País Homenageado - Programação cultural

Com motivo da participação como País Homenageado na XVII Bienal Internacional do Livro do Rio e a comemoração dos 450 anos da cidade do Rio de Janeiro, a Argentina apresenta uma programação ampla e variada que represente o melhor da sua cultura.

A literatura terá, naturalmente, uma grande presença, mas também fará parte a fotografia, o desenho, os quadrinhos e as temáticas sociais, como os direitos humanos -com a presença da Presidenta das Avós de Praça de Maio, Estela de Carlotto, e as Ilhas Malvinas com a apresentação do Secretário de Assuntos Relativos às Ilhas Malvinas, Daniel Filmus.

A Argentina estará presente no Museu Nacional de Belas Artes, na Biblioteca Parque Estadual, na Galería Antonio Berni do Consulado, claro, na Bienal do Livro no Riocentro com a exposição Manuscritos Literários, um estande das editoras argentinas e um estande de 400 m2 que contará com um auditório próprio batizado "Manuel Puig" em homenagem ao mais carioca dos escritores argentinos.

Segue a programação completa.

 

Terça-feira, 1 de setembro.

19h30. Inauguração da mostra “Na Obscuridade Aberta” de Santiago Caruso.

Onde: Galeria Antonio Berni do Consulado Geral da República Argentina - Praia de Botafogo, 228, sobreloja – Botafogo.

Que é: Exposição de 30 ilustrações de Santiago Caruso baseados a obra da escritora argentina Alejandra Pizarnik, acompanhados por áudios da sua poesia gravados por diferentes atores brasileiros.

Até: 9 de outubro.

Visitação: de segunda a sexta-feira, das 10 às 18h.

Entrada: Libre y gratuita

 

Quinta-feira, 3 de setembro.

11h30. Inauguração da Bienal, seguida da inauguração do Estande Argentino: palavras da Embaixadora Magdalena Faillace e do Embaixador Luis María Kreckler.

Onde: Riocentro - Av. Salvador Allende, 6555 - Barra da Tijuca.

Que é: A Bienal do Livro do Rio é o encontro literário mais importante do Brasil que reúne as principais editoras y livrarias com programação variada de cultura em 80mil metros quadrados.
Site/miss informação: http://www.bienaldolivro.com.br/

Até: 13 de setembro – aberto ao público diariamente de 09 às 22hs.

Ingresso: R$ 16,00 (inteira) y R$ 8,00 (média)

14h30. Inauguração da mostra “Manuscritos Literários Argentinos: notas, emendas e rascunhos”. Pavilhão Verde

Onde: Pavilhão verde da Bienal do Livro - Av. Salvador Allende, 6555 - Barra da Tijuca.

Que é: Exposição curada pela Biblioteca Nacional Argentina que analisa o processo criador de alguns dos principais escritores argentinos a través de seus manuscritos.

Até: 13 de setembro

Ingresso: livre para todos os visitantes da Bienal do Livro.

18h30. Abuelas de Plaza de Mayo e o Direito à Verdade

Estela de Carlotto e Nadine Borges

Apresentam: Embaixador Luis María Kreckler e Embaixadora Magdalena Faillace

Onde: Auditório Manuel Puig do estande argentino da Bienal do Livro

 

Sexta-feira, 4 de setembro.

12h00. Inauguração da exposição “O que se vê”, de Adriana Lestido.

Onde: Museu Nacional de Belas Artes – Av. Rio Branco, 199 - Centro.

Que é: Exposição de fotografias que percorre de maneira retrospectiva a obra da prestigiosa fotógrafa argentina Adriana Lestido, mostrando sua abordagem de temas sociais e políticos que captou em seus diferentes trabalhos, focalizamos na mulher em um mundo em desenvolvimento.

Até: 11 de outubro – terça a sexta-feira das 10 às 18h e sábados, domingos e feriados de 12 às 17h.

Ingresso: R$ 8,00 (inteira) y R$ 4,00 (media). Domingos grátis.

16h30-18h00. Apresentação do setor editorial argentino.

Trini Vergara (V&R editores)

Onde: Auditório Manuel Puig do estande argentino da Bienal do Livro

18h30-20h00. A questão das Ilhas Malvinas

Secretário de Estado Daniel Filmus, Embaixador Luis María Kreckler, Deputado Federal Jean Wyllys e Pablo Gentili, Diretor do CLACSO-Brasil.

Apresenta: Embaixadora Magdalena Faillace

Onde: Auditório Manuel Puig do estande argentino da Bienal do Livro

 

Sábado, 5 de setembro.

11h30. Inauguração de Mafalda na sopa: Tute conta anedotas sobre Quino, na Biblioteca Parque Estadual.

Onde: Biblioteca Parque Estadual – Av. Presidente Vargas 1261 - Centro

Que é: Exposição dedicada à maravilhosa personagem criada por Quino há 51 anos, que repassa seu nascimento, crescimento e aceso à imortalidade a través da visão do Quino, dos leitores e outros cartunistas, curada pela Biblioteca Nacional da Argentina.

Até: 24 de outubro - de terça a sábado das 11 às 19h

Ingresso: livre

15h00-16h30 Políticas de promoção da tradução: o “Programa Sur de Apoyo a las Traducciones” e o “Programa de Apoio à Tradução e à Publicação de Autores Brasileiros no Exterior”

Magdalena Faillace, Mempo Giardinelli e Moema Salgado.

Onde: Auditório Manuel Puig do estande argentino da Bienal do Livro

16h45-18h15. A literatura no exílio

Noé Jitrik, Mempo Giardinelli e María Moreno.

Mediação: Silvina Friera

Onde: Auditório Manuel Puig do estande argentino da Bienal do Livro

18h30-19h30. Os intocáveis: clássicos argentinos do século XX

Noé Jitrik, Sergio Olguín, Martín Kohan e Mariana Enríquez.

Mediação: Cristina Mucci

 

Domingo, 6 de setembro.

14h30-16h00. O mundo em quadrinhos

Ziraldo e Tute

Onde: Auditório Manuel Puig do estande argentino da Bienal do Livro

16h10-17h30. Bate bola: Literatura e futebol

Sergio Olguín, Martín Kohan e Sérgio Rodrigues.

Mediação: Osvaldo Quiroga

Onde: Auditório Manuel Puig do estande argentino da Bienal do Livro

19h30. Show de Ariel Ardit Quinteto, na Sala Cecília Meirelles.

Onde: Sala Cecília Meirelles - Largo da Lapa, 47 - Centro.

Que é: O cantor Ariel Ardit, ganhador do último prêmio Carlos Gardel ao melhor disco de tango interpreta canções do repertório do genial Carlos Gardel numa homenagem a 80 anos do falecimento, em companhia do seu quinteto e o casal de dançarinos do Índio Benavente e Estefanía Becker

Até: única apresentação, duração de 1h30m

Ingresso: só para convidados

 

Segunda-feira, 7 de setembro

16h00-17h30. Eros e literatura.

María Moreno, Mariana Enríquez, Diana Bellessi e Mempo Giardinelli

Mediação: Juan Rapacioli

Onde: Auditório Manuel Puig do estande argentino da Bienal do Livro

18h00-19h00. Poesia: recitação e bate-papo

Diana Bellessi e Geraldo Carneiro

Onde: Auditório Manuel Puig do estande argentino da Bienal do Livro

 

Terça-feira, 8 de setembro

15h00-16h30. Políticas de ensino da língua: o CELU e o CELP-Bras

Ana Príncipi, Leonor Acuña e Ana Catarina Nobre de Mello

Mediação: Gonzalo Entenza

Onde: Auditório Manuel Puig do estande argentino da Bienal do Livro

17h00-18h30. “Té para tres”: de narradoras, roteiristas, críticas e poetas.

Tamara Kamenszain, Inés Garland e Claudia Lage.

Mediação: Héctor Pavón.

Onde: Auditório Manuel Puig do estande argentino da Bienal do Livro.

19h00-20h00. Show de Escalandrum

Onde: Auditório do Café Literário da Bienal do Livro - Av. Salvador Allende, 6555 - Barra da
Tijuca.

Que é: O septeto de tango/jazz liderado por Pipi Piazzolla, neto de Ástor renderá uma homenagem ao grande compositor argentino de tango em companhia do casal de dançarinos do Índio Benavente e Estefanía Becker.

Até: única apresentação, duração de 1 hora.

Ingresso: Para os visitantes da Bienal, com distribuição de senhas.

 

Quarta-feira, 9 de setembro.

15h00-17h00. Aula de espanhol, seguida de leitura infanto-juvenil.

Ana Príncipi e Leonor Acuña. Leitura da Silvia Schujer.

Onde: Auditório Manuel Puig do estande argentino da Bienal do Livro.

17h30-19h00. A câmara clara: literatura e cinema.

Eduardo Sacheri, Claudia Piñeiro, Luciano Saracino e Federico Jeanmaire.

Mediação: Luciano Saracino.

Onde: Auditório Manuel Puig do estande argentino da Bienal do Livro.

 

Quinta-feira, 10 de setembro.

15h00-16h30. O país das maravilhas no reino do reverso.

Inés Garland, Silvia Schujer, Luciano Saracino e Henrique Rodrigues

Mediação: Renata Nakano.

Onde: Auditório Manuel Puig do estande argentino da Bienal do Livro.

17h30-19h00. “Los hermanos”: Argentina e Brasil, cruzamentos e influências.

Tamara Kamenszain, Lívia Reis, Lúcia Bettencourt e Renato Rezende

Mediação: Gonzalo Entenza.

Onde: Auditório Manuel Puig do estande argentino da Bienal do Livro.

 

Sexta-feira, 11 de setembro.

Onde: Auditório Manuel Puig do estande argentino da Bienal do Livro.

15h00-16h30. As Pátrias de chuteiras: Literatura e futebol.

Claudia Piñeiro, Eduardo Sacheri e Marcelo Moutinho.

Mediação: Flávio Izhaki.

17h00-18h30. América Latina: identidade na diversidade.

Tamara Kamenszain, Claudia Piñeiro, Federico Jeanmaire e Eric Nepomuceno.

Mediação: Lucas Bandeira.

Quino e sua mais famosa obra
Convite à exposição "Mafalda na sopa" na Biblioteca Parque Estadual
"Madre e hija de plaza de mayo" de Adriana Lestido
Convite à exposição de Adriana Lestido
Imagen de "Manuscritos Literários"
Imagen de "Manuscritos Literários"
Convite para a mostra "Na Obscuridade Aberta"
Estela de Carlotto se apresentará no dia 3/09 no estande da Argentina
Daniel Filmus se apresentará no dia 4/09 no estande da Argentina junto ao Embaixador, o Deputado Jean Wyllys e Pablo Gentili

Fondo argentino de cooperación sur-sur y triangular